Jornalista Inês Marzano

Wednesday, February 16, 2011

Carnaval das Cidades Históricas



15/02/2011 - Lançamento do projeto Carnaval das Cidades Históricas 2011 agita a Cidade Administrativa


Aconteceu nesta terça (15/02) a coletiva de imprensa para a divulgação do projeto Carnaval das Cidades Históricas 2011. Sediada na Cidade Administrativa, a coletiva contou com a presença de representantes das prefeituras de Diamantina, Mariana, Ouro Preto, Sabará, São João del-Rei e Tirandentes, além das agremiações carnavalescas, que fizeram uma linda demonstração entre os prédios da Cidade Administrativa.

Pelo terceiro ano consecutivo, as seis cidades históricas mineiras se unem num movimento pela valorização do Carnaval tradicional, contando ainda com o apoio das Secretarias de Estado de Turismo e de Cultura do Governo de Minas Gerais. Em sua terceira edição, a iniciativa pioneira no estado une esforços e realizam a divulgação conjunta de suas programações carnavalescas para tornar a folia ainda melhor para turistas e visitantes.

O Carnaval das Cidades Históricas é extremamente relevante para o desenvolvimento turístico qualificado dos municípios que integram o projeto. A promoção do turismo prevê grandes resultados que fomentam o comércio, a rede hoteleira, o movimento nos restaurantes e bares e a valorização do artesanato local e regional.

Em 2010, o Carnaval das Cidades Históricas reuniu cerca de 300 mil foliões; gerou cerca de 20 milhões de reais para a economia destes municípios; promoveu uma ocupação de 92% da rede hoteleira e gerou cerca de 4.360 empregos diretos. Para 2011, a expectativa é de receber 420 mil foliões; gerar cerca de 28 milhões de reais para a economia dos municípios que integram o projeto; proporcionar aproximadamente 97% de ocupação da rede hoteleira e gerar cerca de 4.500 empregos diretos.

O Carnaval das Cidades Históricas possibilita também o aperfeiçoamento das Escolas de Samba e Blocos Caricatos de bonecos gigantes dos municípios participantes; a valorização da composição, edição e publicação de letras e músicas que caracterizem os ritmos do samba, bailes e marchinhas; e estimula a participação de bandas de músicas regionais, além de orquestras bicentenárias com repertórios históricos e contemporâneos de samba.

O projeto busca repetir e ampliar o sucesso de suas edições anteriores, aprimorando a forma de divulgar turiscamente as cidades históricas de Minas Gerais. A união destas cidades reconhece a importância de cada uma das cidades, tanto pelo valor de seu patrimônio artístico, histórico e cultural, quanto pela tradição e especificidades de seus carnavais. Levando em conta suas características próprias, cada cidade incrementa as muitas possibilidades de diversão de acordo com suas infraestruturas e modalidades.

Conforme o representante Ralf Justino, as cidades históricas já possuem um público fiel e interessante. "As ações de planejamento para receber os foliões entre os dias 4 e 8 de março é de oferecer segurança e condições especiais para os turistas, uma vez que o projeto recebe o apoio da Secretaria de Turismo e da Cultura", disse.

Já o Prefeito de Sabará Willian Borges destacou a proximidade da cidade histórica com a capital mineira. "Estou muito satisfeito por participar deste projeto, uma vez que o apoio do Estado permitirá que os foliões tenham durante o período um estímulo especial para o aprimoramento dos aspectos de segurança e conforto", afirmou. "Um dos mais aguardados períodos do ano para turistas e foliões, terá a vantagem de custo baixo devido a proximidade e acesso a Belo Horizonte". Concluiu.

Através destas ações, os visitantes terão a oportunidade de contemplar e valorizar o que a folia mineira tem de melhor. Que existe um patrimônio histórico, artístico e cultural preservado, e que Minas Gerais se preocupa com a preservação, também durante o Carnaval.


Por: Inês Marzano

Local: Cidade Administrativa